(trecho de “o incriado” – Vinícius de Morais)

“…Às vezes por um segundo a alma acorda para um grande êxtase sereno
num sopro de suspensão e beleza passa e beija a fronte do homem parado
e então o poeta surge e do seu peito se ouve uma voz maravilhosa
que palpita no ar fremente e envolve todos os gritos num só grito…”



…talvez, ao escrever este poema, Vinícius estivesse sentindo, entre outras sensações, a mesma serenidade que tenho sentido…
Anúncios

Etiquetas:

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: